quinta-feira, 11 de maio de 2017

OTAN não participará em operações de combate na Síria ou no Iraque


A Otan tomará parte nas operações de combate contra o grupo terrorista Estado Islâmico na Síria ou no Iraque, segundo seu secretário-geral, Jens Stoltenberg, anunciou em Berlim após conversas com a chanceler federal alemã, Angela Merkel, nesta quinta-feira (11).


"Se a OTAN se unir à coalizão, ela não mudará o papel da OTAN, continuaremos a prestar apoio, continuaremos a concentrar-nos na formação e a OTAN não estará envolvida em operações de combate", afirmou.

Merkel expressou a certeza de que uma decisão final sobre essa questão deve ser tomada na cúpula da OTAN que ocorrerá em Bruxelas no dia 25 de maio.

"Estamos em negociações sobre se a OTAN deveria se tornar oficialmente parte da coalizão, estas consultas estão em andamento e eu prometi ao secretário-geral que continuaremos com elas, esperamos concluir esse processo até o dia 25 de maio", disse Merkel.

Por enquanto a OTAN fornece informações de inteligência para a coalizão através de suas aeronaves AWACS e treina as forças de segurança do Iraque.

Merkel também anunciou que o governo da Alemanha não irá enviar mais contingentes ao Afeganistão, conforme noticiado aqui no GBN News mais cedo.

GBN seu canal de informação e notícias
com agências

0 comentários:

Postar um comentário