segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Rússia prossegue com programa Pantsyr-SM e Pantsyr-M

A Rússia vai começar a produzir a nova versão do sistema de defesa aérea Pantsyr em 2018, segundo informou Vladimir Popov.

"A fase de desenvolvimento do projeto é longa. Este ano ainda ou no início do próximo, vamos começar a montar os protótipos". O novo Pantsyr-SM tem sua capacidade de detecção significativamente melhorada em relação ao seu antecessor e está equipado com um novo sistema de detecção com radar de fase ativa e identificação que se estende de 40 km para 75 km. Como o Pantsyr-S2, o novo Pantsyr-SM deverá ser equipado com um radar de matriz de rotação bi-direcional.

Além disso, o alcance do Pantsyr-SM deverá ter o dobrar do alcance de seu antecessor. Isto implica na capacidade do sistema de utilizar novos mísseis, de maior alcance. Componentes do novo sistema estão em fase de testes.

De acordo com Popov, um novo caminhão 8x8 sobre um chassis KAMAZ está quase pronto para receber o novo sistema.

Enquanto isso, Dmitry Konoplyov, diretor-executivo da KBP disse que o novo cruzador de mísseis guiados do Projeto 11442M da Classe Kirov de propulsão nuclear "Admiral Nakhimov" será o primeiro navio da Marinha russa a receber a versão naval do Pantsyr, conhecido como Pantsyr-M.

"O sistema começará a operar no próximo ano. O "Admiral Nakhimov" é o primeiro navio de guerra a receber o sistema", disse, acrescentando que o cruzador seria equipado com seis sistemas Pantsyr-M.

O Pantsyr-M tem como característica uma matriz radar estática quad-direcional, e vai usar os mísseis usados pela versão terrestre Pantsyr-S1 / Pantsyr-SM e o futuro Hermes-K contra alvos de superfície pequenos e aviões lentos como helicópteros. A Rússia está planejando substituir os sistemas Kortik / Kashtan de defesa aérea pelo Pantsyr-M com o tempo.

GBN seu canal de informações e notícias
com agências de notícias

0 comentários:

Postar um comentário