quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Ucrânia processa deputados franceses que visitaram Crimeia


O Ministério Público da Ucrânia abriu um processo criminal contra os deputados franceses que visitaram a Crimeia em julho deste ano, segundo Georgy Logvinsky.


Logvinsky postou no Facebook a resposta do gabinete do procurador ao seu pedido sobre o assunto.

A resposta formal do órgão de fiscalização diz que o escritório do promotor em 11 de agosto "começou uma investigação pré-judicial do processo penal por um delito previsto no Código Penal da Ucrânia, "Violação do procedimento de entrada em território ocupado temporariamente da Ucrânia".

Logvinsky afirmou que os franceses poderão pagar até oito anos em prisões ucranianas e a perda de mandatos adjuntos na França.

Entre 29 e 31 de julho os parlamentares franceses liderados por Thierry Mariani estiveram na Crimeia, onde realizaram reuniões com as autoridades locais e a população. Esta foi sua segunda viagem à península. Como há um ano, os colegas da França foram acompanhados pelo russo Leonid Slutsky.

Em 1 de agosto, falando em uma conferência de imprensa, os membros da delegação francesa expressaram a opinião de que a Ucrânia deve aceitar que a Crimeia esta reunificada com a Rússia, e que é uma "realidade" inevitável e irreversível.

GBN seu canal de informações e notícias
com agências de notícias



0 comentários:

Postar um comentário