sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Spitbank Fort - Antiga fortaleza naval que virou um hotel de luxo

Construído para defender o porto de Portsmouth de uma possível invasão francesa, o local foi desativado em 1956. Nos anos 1980, foi transformado em museu e, desde 2012, é um hotel 5 estrelas.

As incríveis fortalezas no Solent, um estreito que separa a Ilha de Wight da Grã-Bretanha. O Solent se encontra cercado destas edificações para a defesa da costa, que foram construídos em sua maioria durante o reinado de Henrique VIII da Inglaterra.

No auge do grande Império Britânico, quando dominava os mares, Lord Palmerston ordenou a construção de três fortes no Solent para proteger a base naval mais importante da arrogância de Napoleão. Estes três lugares são agora parte da coleção de lugares incríveis. Um deles, Spitbank Fort, tornou-se um fabuloso e original hotel de luxo, criado para que alguns poucos sortudos possam desfrutar de todas as comodidades e um sabor único da vida no mar.

Seu principal objetivo era ser mais uma linha de defesa para os navios que conseguissem passar pelos dois fortes principais. Possui 49,4 metros de diâmetro em toda a sua base. Ele foi originalmente planejado para ter sido armado com nove canhões raiados de 10", pesando cerca de 18 toneladas direcionados para o mar, e seis canhões de 7" ​​com cerca de 7 toneladas direcionadas para parte terrestre. No entanto, no momento da conclusão o projeto tinha mudado de modo que o lado do mar recebeu nove canhões de 12,5 polegadas . Em 1884 armas mais modernas de 12 polegadas foram instaladas e estes estavam em serviço até depois da Primeira Guerra Mundial .

Em 1898, o papel do forte foi alterado para se defender contra embarcações de leves e foi equipado com dois canhões de 4.7" e holofotes. No início de 1900 todas três grandes armas originais foram removidas. Pequenas atualizações para as armas menores e holofotes continuaram ao longo dos anos.

O forte foi declarado excedentes em 1962 e eliminados pelo Ministério da Defesa em 1982. Em 2009 ele foi colocado à venda por 800.000 libras esterlinas, mas foi vendido antes do leilão, alegadamente por mais de 1 milhão de Libras Esterlinas. 

O forte é agora de propriedade e operados sob a marca Fort Solent. Tem 50 quartos, seu próprio salão de dança, restaurante.
Construído no século 19, o Forte de Spitbank tinha a importante missão de defender os ingleses dos ataques da armada francesa. Abandonado, o local passou por uma reforma que custou cerca de R$ 10 bilhões para se tornar um refúgio de luxo improvável.
Em estilo vitoriano, o forte tem paredes de granito com 4,5 metros de espessura. Muitas das características originais foram preservadas e incorporadas ao novo design.
O Forte de Spitbank tem oito suítes e uma série de mimos exclusivos para o cliente relaxar como spa, sala de recreação, piscina exterior aquecida e bar. Há até uma fogueira onde os visitantes podem sentar-se nas noites de inverno para ver os veleiros, navios de cruzeiros e de guerra que passam próximo à ilhota, que fica a 1,61 km da costa britânica, no mar de Portsmouth, ao sul do Reino Unido.
O acesso ao hotel só é possível com o auxílio de um barco. As diárias custam a partir de US$ 750 (R$ 1.635), com acesso a todos os espaços do luxuoso hotel.

GBN seu canal de informação e notícias

0 comentários:

Postar um comentário