domingo, 3 de junho de 2018

EUA vetam resolução da ONU denunciando violência contra palestinos

Os Estados Unidos vetaram na última sexta-feira (1) uma resolução do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas que condena o uso de força de Israel contra civis palestinos, criticando-a como uma “visão grosseiramente unilateral” que fracassou em culpar o Hamas pela violência recente.

“O grupo terrorista Hamas carrega responsabilidade primária pelas condições de vida terríveis em Gaza”, disse a embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, antes da votação.

Ela criticou a resolução por não mencionar o Hamas nenhuma vez: “Qualquer um que se importa com o processo de paz deveria votar contra isto”, disse Haley.

França, Rússia, China, Costa do Marfim, Cazaquistão, Bolívia, Peru, Suécia e Guiné Equatorial se juntaram ao Kuweit ao votarem a favor, enquanto somente os Estados Unidos votaram contra. Reino Unido, Holanda, Polônia e Etiópia se abstiveram.

Uma resolução do Conselho de Segurança precisa de nove votos a favor e nenhum veto de por parte de seus membros permanentes – EUA, Reino Unido, França, Rússia ou China – para ser aceita.

Um segundo esboço de resolução proposto pelos EUA culpando o Hamas pela violência e mencionando o direito de Israel de se defender foi votado mais tarde.

Somente os EUA votaram a favor do segundo esboço de resolução, enquanto houve três votos negativos e 11 abstenções.

Tanto o Hamas, o grupo dominante em Gaza, quanto o pró-Irã Jihad Islâmico disseram que suas ações recentes, incluindo bombardeios em território israelense, são uma resposta aos assassinatos de ao menos 116 palestinos por Israel desde 30 de março em protestos na fronteira de Gaza. 

Fonte: Reuters
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger