sábado, 30 de junho de 2018

Austrália anuncia bilionário acordo para futuras fragatas

Com valor estimado de 26 bilhões de dólares, o contrato firmado entre o governo australiano e a britânica BAE Systems, revela um ousado programa de modernização da Marinha Real Australiana, o qual visa a obtenção por construção de nove novas fragatas Type 26, as quais terão customização afim de atender aos parâmetros estabelecidos por aquela marinha.

Usando a matemática básica, o valor estimado de cada navio ficará na faixa de 2,9 bilhões, porém, cabe ressaltar que não se trata da mera construção de um navio, pois esta previsto que as mesmas sejam construídas na Austrália e atendendo aos seus requisitos, onde as novas fragatas terão como foco de sua otimização as capacidades ASW.

O GCS-A (Global Combat Ship Australian), será nomeado "Classe Hunter", devendo ter iniciada a construção dos navios no final da próxima década. O programa prevê a substituição das atuais fragatas da "Classe Anzac" em operação. 

Segundo a ministra da Defesa australiana, Marise Payne, a escolha da proposta da BAE Systems se deveu a capacidade ASW que apresentou a proposta britânica. "Esta é uma decisão inteiramente baseada na capacidade, a melhor capacidade de equipar a Marinha na guerra anti-submarino", segundo ela.

As fragatas da classe Hunter serão os mais avançados navios de guerra anti-submarinos do mundo, equipadas com o radar similares aos que hoje equipam as fragatas "Anzac", mas em versão mais avançada, contando com sistema de defesa antimísseis , juntamente com Aegis  e uma interface fornecida pela Saab Austrália.


O sistema de combate Aegis foi exigência para a nova fragata, o que irá tornar o novo navio uma plataforma com grande poder de fogo e resposta as mais variadas ameaças no cenário tático.

A BAE Systems com a Type 26, competiu com a italiana Fincantieri, que propôs uma variante especializada da FREMM denominada FREMM-A afim de atender aos requisitos australianos, outro concorrente foi a espanhola Navantia, que propôs seu projeto F-5000, um navio que deriva da Classe "Hobart" australiana, a qual origina-se das fragatas espanholas F-100 Álvaro de Bazán.


GBN News - A informação começa aqui
com agências
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger