segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

EUA possuem reserva de 700 milhões de barris de petróleo, e o Brasil?

Pode parecer ficção ou parte das bizarras teorias que circulam pela internet, mas os EUA possuem quatro locais discretos e seguros entre o estado da Lousiana, no sul do país e o Texas, onde guardam uma quantidade de petróleo equivalente a 700 milhões de barris em quatro pontos distintos.
Essa reserva se encontra armazenada ao longo de uma extensa rede com 60 cavernas subterrâneas em salinas, tendo sido criada há cerca de 40 anos para compor a Reserva Estratégica de Petróleo. A origem dessa reserva remete ao ano de 1973, quando os países árabes impuseram um embargo à exportação de petróleo ao Ocidente como retaliação por seu apoio a Israel. Tal embargo foi um duro golpe na economia global, atingindo o mundo inteiro, inclusive os Estados Unidos. Aqui no Brasil quem viveu nesse período sabe o sufoco que foi para nós brasileiros.
Os preços da gasolina dispararam. Filas enormes se formaram nos postos de gasolinas de diversos países, dentre eles os EUA. Com isso boa parte da industrial americana foi impactada. Então, no ano de 1975, os Estados Unidos responderam a essa ameaça criando sua reserva estratégica de petróleo, iniciando o estoque de petróleo bruto em cavernas rodeadas por formações salinas.
Tal medida possui um custo considerável para ser mantido, mas o ganho em sua autonomia em face de crises no mercado do petróleo tem se mostrado uma importante saída, poupando milhões de dólares, o que cobre facilmente seu custo de manutenção. A exemplo, os EUA são capazes de sair ilesos de episódios que envolveram interrupções no fornecimento de petróleo pelos principais produtores mundiais, como ocorrido durante a Guerra do Golfo.
Muitos países adotam essa estratégia para equilibrar sua economia diante das crises que o mercado enfrenta, porém, a maior das reservas fora no ocidente com toda certeza é a norte americana. Graças a essas reservas, mesmo sem o fornecimento do Oriente Médio ou Venezuela, os EUA poderiam enfrentar a alta do preço e a pressão dos mercados globais.
Os quatro armazéns nos quais estão distribuídas as cavernas, estão situados no que chamam de cúpulas de sal. Solução encontrada levando em consideração que o sal é impermeável ao petróleo cru. As duas substâncias não se misturam e também não há rachaduras, isso torna tais salinas um armazém perfeito para as reservas estratégicas de petróleo. As instalações se estendem desde Baton Rouge, no estado da Louisianna, até Freeport, no Texas, onde fica o maior dos quatro depósitos. Tais reservas são praticamente invisíveis, sendo possível ver apenas alguns poços e tubos ao longo de sua posição.
Trump recentemente cogitou um embargo a compra de petróleo venezuelano durante a crise política no país sul americano, tendo como lastro a Reserva Estratégica de Petróleo, a qual abasteceria os EUA durante o período de embargo ao produto venezuelano, o que poderia manter o mercado norte americano abastecido por meses. Isso é um grande exemplo de visão estratégica que nos falta como tantas outras coisas no Brasil.
O Brasil infelizmente não possui investimentos para criação de uma reserva estratégica de petróleo, apesar de possuirmos uma rica reserva natural, não possuímos lastro para lidar com crises do mercado internacional, um ponto que deveria ser discutido em Brasília, afinal uma reserva com milhões de barris nos possibilitaria manter um mercado interno equilibrado diante das oscilações do mercado internacional, o que garantiria maior desempenho de nossa industria e uma economia mais dinâmica e equilibrada, o que fomentaria um considerável avanço em nossa economia e mercado interno. Mas como bem sabemos, sofremos uma grave miopia estratégica, além de termos nosso governo infectado pelo vírus da corrupção e a falta de responsabilidade com a nação. Então cabe a nós brasileiros tomarmos atitudes no próximo ano e escolher bem os nomes que nos representarão no governo, pois somos uma nação muito rica e forte, porém, nos falta visão e autoconfiança.

GBN News - A informação começa aqui
  


Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger