quinta-feira, 25 de março de 2010

SAAB Gripen NG é a melhor opção para o Brasil


Deixando um pouco de lado toda a confusão em torno da escolha do FX-2 a ser determinada pelo governo brasileiro, que já esta deixando muita gente de cabelos em pé, vamos fazer uma breve analise sobre o caça que deverá ou ao menos deveria ser o vencedor do FX-2 segundo suas características, levando em consideração não só a parte técnica, mas a industrial, comercial e política também.

O caça suéco é dentre os três finalista de longe o mais adequado a nossas realidades, e de longe o que oferece maior transferência tecnológica e mesmo possibilidades comerciais.

O SAAB Gripen NG, é um caça de 4,5G que oferece uma avançada tecnologia embarcada, aliando a esse fator o baixo custo de aquisição e operação, possibilitando a nossa Força Aérea manter seus esquadrões em condições de voo e em plena operação mesmo diante dos recursos parcos que o governo lhe direciona. Outro fato importante e que é digno de nota, é o fato de o mesmo possuir uma das aviônicas mais avançadas disponíveis hoje no mercado, sendo plenamente compatíveis com os sistemas operados no SIVAM, como os nossos Embraer R-99 A/B, sendo a aeronave que possui o melhor sistema de data-link do mercado, o qual dá uma capacidade muito superior a este pequeno notável, uma vez que eles podem entrelaçar os dados obtidos por seus radares e mesmo "iluminar" alvos para que outro Gripen que tenha o armamento mais indicado para lidar com a ameaça neutralizá-la. Resumindo, um pequeno contingente pode cumprir uma missão que antes dele demandaria um número maior de aeronaves.

Outra qualidade estratégica do Gripen NG é o fato dele ser projetado para operar fora de suas bases, podendo fazer uso de trechos de estradas ou ruas para realizar seu rearmamento e reabastecimento, o que o transforma num vetor altamente estratégico, considerando que ao inicio de hostilidades as bases são os alvos primários de qualquer agressor.

Olhando pelo foco comercial e tecnológico, é o único dos três finalistas que realmente prevê uma total transferência de tecnologia bem como uma real parceria na comercialização e desenvolvimento deste. Pois trata-se de um projeto realmente novo,trazendo a real capacitação de nossa industria e a absorção de novas tecnologias, aliado a isso vem o preço competitivo no mercado e a possibilidade de ingressarmos num novo mercado que tende a esquentar aqui na América Latina, viso que a maioria dos países terão em breve de realizar a compra de novos vetores para suas forças. Sendo dentre os três analisados a preferência do empresariado, Industria e dos próprios pilotos da FAB

O que muitos alegam para desqualificar o Gripen NG é o fato de o mesmo possuir em seu projeto muitas tecnologias multinacionais, e que dizem estar passivel de embargo, mas como sabe-se o Gripen NG não é um simples sistema, mas uma plataforma de sistemas que tem uma arquitetura modular, o que pode facilitar a implementação de novos sistemas facilmente caso algum destes sofra qualquer forma de embargo, já com relação as turbinas, se formos pensar que vamos sofrer embargo americano, então temos que o mais rapido possivel remotorizar mais 90% da frota da FAB, pois a maioria dos atuais vetores, incluindo o Super Tucano, voam com turbinas de origem americana.

Precisamos decidir em prol da racionalidade e estratégia, pois o Gripen NG é a escolha racional para um país de nossas dimensões e que possui uma seria restrição de recursos a nossas forças armadas, pois com ele teremos uma real capacidade de defesa e ataque, um vetor que nos trará para o "estado da arte", além de propiciar uma real capacitação de nossa industria e a geração de empregos e divisas. E acima de tudo a Suécia tem um excelente histórico conosco no que diz respeito ao cumprimento de contratos e acordos, além de ser uma nação neutra.

O vetor ideal para nos preparar para a próxima geração de caças avançados, nesta linha eu defendo a nossa entrada paralela ao FX-2 no programa PAK-FA, um caça de 5ªG

Que venham os GRIPENS!!!
Share this article :

1 comentários:

  1. ...eu concordo completamente contigo, o gripen seria o avião que mais valor agregaria a embraer, fala-se muito em ajudar as indústrias de defesa,mas na hora do vamô ver, dão preferência a um caça frances caro e de projeto pronto, onde a embaer só seria uma montadora...sem falar que eles jamais tranfereriam a tecnologia das turbinas, radar e do código fonte do avião tão criando dificuldades ...

    ResponderExcluir

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger