sábado, 11 de agosto de 2018

Aeronave da Horizon Air cai após ser roubada por mecânico

Um mecânico que trabalhava para uma companhia aérea, roubou uma aeronave de passageiros Bombardier Q400 no aeroporto de Seattle, após decolar o mesmo caiu em uma ilha próxima.
Autoridades disseram que o homem havia feito "uma decolagem não autorizada" na noite desta sexta-feira (10), forçando o fechamento do Aeroporto Internacional Seattle-Tacoma.
Duas aeronaves F-15 foram acionadas para interceptar a aeronave sequestrada, a qual caiu em Puget Sound. Acredita-se que o mecânico de 29 anos não tenha sobrevivido a queda.
O escritório do xerife local disse que "não foi um incidente terrorista", acrescentando que o envolvido era cidadão local e tinha 29 anos.
O que aconteceu exatamente?
O turboélice bimotor Bombardier Q400 com capacidade para 76 passageiros, pertencia a companhia aérea Horizon Air, e decolou de Seattle-Tacoma por volta das 20:00, hora local.
Ben Schaechter estava em um avião que aparentemente estava taxiando pela pista enquanto o avião roubado decolava.
"Ok, isso é loucura", ele twittou. "Um piloto na aeronave em nossa frente foi imprudente e decolou em um avião vazio, ignorando as ordens da torre. A torre ordenou um ponto final e eles estão tentando se comunicar com esse piloto. O que!!!"
O Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte (Norad) divulgou um comunicado neste sábado (11) pela manhã, dizendo que dois caças F-15 foram lançados de Portland para interceptar. Um certo número de vídeos mostrou-os seguindo a aeronave de passageiros, que estava voando de uma maneira imprudente.
O Norad disse que os F-15 estavam "trabalhando para redirecionar a aeronave sobre o Oceano Pacífico quando ela caiu no extremo sul da ilha de Ketron", cerca de 30 milhas (48 km) ao sul do aeroporto.
"Os caças da Norad não dispararam contra a aeronave", afirmou.

Por que ele roubou o avião?
Não está imediatamente claro. No entanto, uma gravação em áudio das conversas que ele teve com o controle de tráfego aéreo dá uma ideia do que aconteceu depois que o funcionário da Horizon Air decolou.
Na gravação, o homem pode ser ouvido começando a se preocupar com quanto combustível ele tem a bordo. Ele também sugere que poderia pousar a aeronave sozinho porque jogou "alguns games".
"Esta é provavelmente a hora da prisão, hein?" ele pergunta ao controlador. "Eu espero que seja para um cara como eu."
"Oh, Richard. Nós não vamos nos preocupar ou pensar sobre isso. Mas você poderia começar uma curva à esquerda, por favor?" Diz o controlador.
O Seattle Times descreve o homem como "despreocupado e selvagem" . No entanto, o tom mudou mais tarde na conversa.
"Eu tenho muitas pessoas que se importam comigo", disse ele. "Vai desapontá-los ao ouvir o que eu fiz. Eu gostaria de pedir desculpas a cada um deles. Apenas um cara com alguns parafusos soltos, eu acho. Nunca realmente soube disso, até agora."

O que as testemunhas oculares viram?

John Waldron, testemunha ocular, disse à CNN que viu o avião fazer "um loop completo", antes de ficar "praticamente reto. E meio que em ângulo que quase paralisou a aeronave".
"De alguma forma ele conseguiu nivelar de volta", disse ele à emissora. "E então fez o seu caminho em direção à ilha."
Em um ponto, estimou que o avião não estava a mais de 30 m acima da água.
Leah Morse, que filmou o jato sobrevoando a cidade, disse à agência de notícias Reuters que sentiu em seu instinto que algo estava errado depois de avistar o avião.
A mãe de Morse, que mora mais perto da área onde o avião caiu, disse que toda a sua casa tremeu.
"Vimos os jatos voltarem e ela mandou uma mensagem dizendo que não havia avião", acrescentou.

Como isso aconteceu?

A Alaska Airlines disse que o avião foi retirado de uma "posição de manutenção" no aeroporto. No entanto, como ficou na pista não está claro.
Aviões deste tamanho não vêm com chaves, o investigador de segurança da aviação David Gleave, da Universidade de Loughborough, explicou à BBC.
Mas depois que ele conseguiu dar partida no avião, decolar e voar por aí não teria sido tão difícil, disse Gleave.
"Há uma enorme facilidade de colocar no céu e brincar", explicou ele. "Colocar a coisa de volta novamente no solo é onde todas as habilidades mecânicas e de pilotagem entram."
Quanto ao controle de tráfego aéreo, levaria menos de um minuto para perceber que algo estava errado, acrescentou Gleave.

O que acontece depois?

O FBI assumiu a investigação, de acordo com o departamento de polícia local.
A Alaska Airlines e sua subsidiaria Horizon Air, disseram que estão "trabalhando com as autoridades e com as próprias equipes de segurança para entender completamente esse incidente.
Enquanto isso, "as operações normais no Aeroporto Sea-Tacoma" foram retomadas dentro de algumas horas, de acordo com um tweet enviado pelo aeroporto.

Fonte: BBC 

Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger