quinta-feira, 2 de março de 2017

P-121 "APA" enviado para representar o Brasil no "Obangame Express 2017"

A Marinha do Brasil irá  participar do Exercício 'Obangame Express 2017', um exercício multinacional que será realizado no Golfo da Guiné, entre os dias 20 e 31 de março.

Representando a Marinha do Brasil, será enviado o NaPaOc P-121 "APA", que irá realizar missões ao largo de Angola, Congo e da República Democrática do Congo, e pretende fazer escalas em Luanda, Douala, Acra, Walvis Bay, São Tomé e Dakar.

O P-121 "APA" foi o segundo dos três Navios de Patrulha Oceânica (NPaOc) da Classe "Amazonas," adquiridos junto a BAE Systems pela Marinha do Brasil, tendo sido incorporado em 2013.

Os navios da classe Amazonas, possui 90 metros de comprimento, baseiados no projeto de Navios de Patrulha Oceânica da Classe River, são hoje responsáveis pela segurança marítima nas águas territoriais brasileiras, realizando entre suas atribuições a proteção das plataformas de petróleo.

O P-121 "APA" esta armado com um canhão de 30 mm e duas metralhadoras de 25 mm, contando ainda com dois botes infláveis rígidos e um convés para operações com helicópteros. O navio possui ainda a capacidade de acomodações adicionais para 50 pessoas em sua popa, tornando assim capaz de realizar o transporte de tropas ou passageiros, no caso de uma evacuação, por exemplo.

O principal destaque desta classe é sua autonomia de navegação, podendo ficar até 35 dias sem reabastecimento. Capaz de cumprir diversas tarefas, como operações de Patrulha Naval, assistência humanitária, busca e salvamento, fiscalização, repressão às atividades ilícitas e prevenção à poluição hídrica, e principalmente no patrulhamento da “Amazônia Azul”.

Outros participantes deste exercícios serão Canadá, Estados Unidos, Reino Unido, Espanha, Turquia, Portugal, Holanda, Noruega, Bélgica, França, Alemanha, África do Sul, Angola, Costa do Marfim, Libéria, Marrocos, Togo, Nigéria, Benin, República Democrática do Congo, Gabão, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Senegal, Serra Leoa, São Tomé e Príncipe, Cabo Verde e Gana.

0 comentários:

Postar um comentário