domingo, 26 de março de 2017

Brasil e EUA firmam acordo para promoção conjunta de defesa

O Brasil e os EUA assinaram um acordo militar que abre o caminho para o desenvolvimento conjunto e venda de produtos de defesa, segundo o Ministério da Defesa brasileiro.
O acordo, que não exige aprovação do Congresso, é o mais recente sinal de mudança na política externa da maior economia da América Latina, após mais de mais de uma década de governo de esquerda que terminou com o impeachment da presidente Dilma Rousseff no ano passado. Também marca o renovado esforço brasileiro para desenvolver uma indústria emergente de defesa.
"O documento é mais um passo em direção a laços mais estreitos com os americanos, permitindo parcerias importantes em tecnologia que irá fornecer um importante incentivo para a nossa indústria de defesa como um todo", disse Flavio Basilio, após a assinatura de O acordo na última quarta (22).
A Embaixada dos Estados Unidos em Brasília não quis comentar o acordo que foi firmado entre ambos países. Dois outros acordos militares estão sendo discutidos e podem abrir caminho para o uso da estratégica base de lançamentos de Alcântara.

GBN seu canal de informações e notícias
com agências

1 comentários:

Parceria para vender de produtos de defesa... Pareceria para desenvolver tecnologia, eles não querem, não é?

Postar um comentário