quarta-feira, 15 de julho de 2015

Irã não será mais chamado de ameaça mundial, diz presidente do país

O acordo sobre o programa nuclear iraniano com as potências mundiais é uma vitória política para o Irã, disse o presidente Hassan Rohani nesta quarta-feira (15), acrescentando que a medida significa que o país não vai mais ser classificado como ameaça internacional.
"Ninguém pode dizer que o Irã se rendeu", disse Rouhani durante encontro televisionado pela rede estatal. "O acordo é uma vitória legal, técnica e política para o Irã. É um feito que o Irã não será mais chamado de ameaça mundial", disse.
O Irã e seis potências mundiais chegaram a um acordo na terça-feira, concluindo mais de uma década de negociações com um tratado que pode transformar o Oriente Médio.
Sob o acordo, sanções impostas pelos Estados Unidos, a União Europeia e a Organização das Nações Unidas serão retirados em troca da aceitação iraniana à restrição do programa nuclear, suspeito pelo Ocidente de ser voltado para a criação de uma bomba nuclear. O Irã afirma que seu trabalho atômico é totalmente pacífico.
"O acordo é perfeito. Deve haver sempre compromisso", disse Rouhani em seu discurso aos ministros.
Entre as principais condições iranianas nas conversas estava a recusa a aceitar um longo congelamento da pesquisa e desenvolvimento nuclear e uma demanda para a rápida retirada das sanções.
Fonte: Reuters

0 comentários:

Postar um comentário