terça-feira, 29 de setembro de 2009

Embraer nega preferência pelo Gripen NG


A Embraer divulgou nota hoje negando que tenha manifestado preferência pelos caças suecos Gripen, da empresa Saab. Os suecos disputam com os franceses Rafale e com os americanos F-18 a licitação brasileira para compra de 36 caças.

"A Embraer esclarece que não participa diretamente do processo de seleção do novo caça F-X2 para a Força Aérea Brasileira e, diferentemente do publicado, não tem preferência por nenhuma das propostas encaminhadas", diz a nota da Embraer.

"A Embraer reitera seu incondicional apoio ao dito processo, sempre em estreito alinhamento com o Comando da Aeronáutica e o Ministério da Defesa."

O vice-presidente executivo para o mercado de defesa da empresa, Orlando José Ferreira Neto, disse ao jornal "Valor Econômico" que a proposta da sueca Saab é a melhor do ponto de vista de transferência de tecnologia.

Ontem, o ministro Nelson Jobim (Defesa) disse que não iria levar em conta a opinião da Embraer no processo de escolha para a compra de novos caças para a Aeronáutica.

Ele informou que a Embraer avaliou as propostas feitas até agora, a pedido da própria Aeronáutica.

"Não cabe a Embraer ter opinião a respeito desse assunto. Quem cabe é o governo brasileiro, e a Embraer não é parte do governo brasileiro", afirmou Jobim, depois de participar da abertura de conferência internacional sobre energia nuclear (Inac), no Rio.

Jobim reafirmou que a queda dos caças franceses Rafale, na semana passada, não terá influência na decisão do governo brasileiro. Segundo ele, a informação inicial é que teria ocorrido erro humano. Ele, no entanto, não esclareceu se a fabricante francesa Dassault enviou informações sobre o acidente.

Fonte: Folha
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger