segunda-feira, 29 de outubro de 2018

O Brasil escolhe Bolsonaro!

Após um processo eleitoral atípico, as redes sociais foram decisivas nas estratégias de campanha dessas eleições, onde se tornaram um verdadeiro campo de batalha e alvo de muitas fake news, Jair Messias Bolsonaro se torna o 38º presidente eleito no Brasil.

Eleito com mais de 57,7 milhões de votos, Bolsonaro confirmar liderança registrada no primeiro turno e marca o inicio de uma nova fase na política brasileira, sucedendo assim a hegemonia da esquerda que governou o país por 16 anos. O brasileiro se mostrou disposto a mudar os rumos políticos do país após sucessivos escândalos de corrupção e crises econômicas que abalaram o Brasil na última década, trazendo à tona o sentimento de insatisfação e o desejo por mudanças que levaram Jair Messias Bolsonaro à uma vitória histórica.

Nessas eleições não foi só a vitória de Jair Bolsonaro que surpreendeu aos analistas políticos, mas o amadurecimento do eleitor brasileiro que demonstrou nas urnas seu descontentamento com a atual representação no Congresso e Senado, deixando de fora políticos que estavam no poder por um longo período, mostrando sua insatisfação com a corrupção, apostando em muitos nomes novos na política nacional.

O surpreendente resultado das urnas nessas eleições, trouxe uma verdadeira revolução na divisão do poder entre os partidos, com o outrora inexpressivo PSL ganhando grande destaque e se tornando um dos protagonistas da maior disputa eleitoral dos últimos tempos, chegando com Jair Bolsonaro a Presidência da República e conquistando uma grande bancada no congresso e senado. Para termos uma ideia dessa dimensão, o PSL elegeu 52 deputados federais, se tornando a segunda maior bancada no congresso, atrás apenas do PT que obteve 56 das 513 vagas no congresso nacional, o que garante determinada governabilidade à Jair Bolsonaro, algo que era tido como um dos pontos sensíveis de sua candidatura, uma vez que o apoio no congresso é fundamental para obter a governabilidade. No senado a legenda emplacou quatro senadores dentre as oitenta e uma vagas. Realmente surpreendente o resultado obtido pela legenda que teve pouco tempo para apresentar seus candidatos e contando com poucos recursos financeiros para campanhas.

Com certeza, as redes sociais foram o fiel da balança nessas eleições, onde com muito pouco investimento, se obteve um alcance gigantesco, o que atraiu os eleitores descontentes com os velhos "caciques" de nossa política, levando a uma campanha presidencial única em nossa história, onde brasileiros insatisfeitos com nossa política se posicionaram em apoio ao então deputado federal Jair Bolsonaro, formando um verdadeiro "exército" que alavancou uma campanha inusitada, onde milhões de brasileiros que se identificaram com Bolsonaro, resolveram sair as ruas e fazer a campanha sem qualquer ligação com o PSL, muitos organizaram verdadeiros "comitês" de campanha, pela primeira vez na história vimos pessoas comprando camisas, bandeiras e todo tipo de produtos de um candidato a presidência, foi uma verdadeira febre, por todas as partes do país era possível encontrar nas lojas camisas, bonés e bandeiras de Jair Bolsonaro, além de várias manifestações organizadas por populares em apoio a candidatura dele, e o resultado se mostrou já no primeiro turno, onde Bolsonaro conquistou um percentual maior que a soma de todos seus oponentes na disputa, porém, como não superou a marca dos 50%, a vitória teve que esperar pelo segundo turno, o qual ratificou a vitória da direita no Brasil, após uma série de fake news e sucessivos ataques lançados pelos seus opositores nas mídias sociais e redes de televisão, que usaram de vários meios para tentar frear o avanço de Bolsonaro nas pesquisas, onde inclusive muitos artistas brasileiros se engajaram contra o presidente eleito, o que ocasionou uma verdadeira "guerra" nas mídias com vários episódios ganhando destaque nas manchetes, o que só serviu para projetar ainda mais o nome de Bolsonaro. Várias hastags foram criando contra e à favor do candidato, ficando mais famosas a "Ele Não" e a resposta a essa com #EleSim e #PTnão.
Brasileiros ganham as ruas em comemoração à vitória
Em suas primeiras aparições após a vitória deste domingo (28), Jair Bolsonaro, o novo presidente do Brasil, agradeceu a Deus e ao povo brasileiro pela vitória, "Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. Nunca estive sozinho. Sempre senti a presença de Deus e a força do povo brasileiro", disse o presidente eleito, "Com toda certeza, essa é uma missão de Deus. Estaremos prontos para cumpri-la". Bolsonaro evocou o respeito às leis, à democracia, à liberdade religiosa e, mais especificamente, ao direito à propriedade privada. Defendeu também uma estrutura administrativa "desburocratizada".
Em breve o GBN News irá publicar uma análise sobre as propostas do novo governo que assumirá o Brasil em 1 de janeiro de 2019, marcando a mudança nos rumos da política nacional brasileira.

GBN News - A informação começa aqui










Share this article :

2 comentários:

  1. ORDEM E PROGRESSO BRASIL 🇧🇷 ✓

    JUNTOS SEREMOS MAIS FORTE 🇧🇷 ✓

    BRASIL ACIMA DE TUDO DEUS ACIMA DE TODOS

    ResponderExcluir
  2. ORDEM E PROGRESSO BRASIL 🇧🇷 ✓

    JUNTOS SEREMOS MAIS FORTE 🇧🇷 ✓

    BRASIL ACIMA DE TUDO DEUS ACIMA DE TODOS

    ResponderExcluir

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger