terça-feira, 20 de junho de 2017

Russos interceptam duas aeronaves RC-135 dos EUA e tensão aumenta no Báltico

Caças Su-27 interceptaram consecutivamente duas aeronaves de reconhecimento RC-135 dos EUA sobre o Báltico, em uma delas houve provocação da aeronave americana, informou nesta terça-feira (20) o Ministério da Defesa da Rússia.

"Em 19 de junho, o controle do espaço aéreo russo identificou sobre as águas neutras do Mar Báltico, um alvo aéreo rumando para a fronteira russa. Uma aeronave Su-27 da unidade de alerta de defesa aérea do Báltico foi enviado para interceptar o alvo. O avião russo identificou-o como uma aeronave de reconhecimento RC-135 dos EUA. Ao ser escoltado, o RC-135 tentou chegar ao avião de combate russo fazendo uma aproximação provocativa ", disse o ministério.

"O piloto russo ofereceu uma reação à manobra do RC-135, após o fato continuou acompanhando a aeronave de reconhecimento dos EUA até que ele mudou sua rota da fronteira russa", disse o ministério.

Ao longo da semana passada, os aviões de reconhecimento dos EUA e da OTAN realizaram mais de 15 vôos sobre o Mar Báltico na proximidade exata da fronteira russa, disse o ministro e enfatizou que os caças russos voam sobre as águas neutras do Mar Báltico em estrita conformidade Com regras internacionais.

De acordo com relatos anteriores na mídia ocidental, um avião de combate russo Su-27 se aproximou de um avião de reconhecimento dos EUA no mar Báltico a uma distância de menos de dois metros. O Pentágono disse que era uma manobra provocativa.

"Quanto à alegada natureza" provocativa "do vôo, gostaríamos de salientar que dez minutos depois, outro avião RC-135 entrou nesta zona para ser também interceptado pela Rússia", acrescentou o Ministério da Defesa da Rússia.

Os encontros entre aeronaves de reconhecimento dos EUA e caças russos tem aumentando significativamente, o que eleva a tensão na região, remontando os tempos da "Guerra Fria".


GBN seu canal de informação e noticias
com agencias

0 comentários:

Postar um comentário