segunda-feira, 26 de junho de 2017

F-35B volta a operação com USMC após panes


O esquadrão VMFA 211 do USMC voltou a voar seus F-35B depois que uma falha no software de suas aeronaves levou todo o esquadrão a ser groundeado no Arizona. 

As operações de voo dos F-35B utilizados pelo Marine Fighter Attack Squadron (VMFA) 211 foram suspensas na quinta-feira (22) devido a "anomalias" causadas por uma atualização recente nos software da aeronave, atingindo o sistema que é responsável por funções críticas, como manter os dados necessário para operação da aeronave e o planejamento da missão. 

O VMFA 211 retomou as operações de voo na ultima sexta (23) , depois que medidas foram tomadas para "mitigar" os problemas causados ​​pela instalação do ALIS 2.0.2, disse um comunicado á imprensa. De acordo com uma declaração, foi isolada a causa raiz e gerada uma correção no software. 

"Com esta correção, o VMFA-211 retomou as operações de voo ", disse uma declaração que não explicou como o problema foi resolvido. "A Lockheed continuará monitorando e aprimorando o desempenho da ALIS para garantir que nossos caças tenham os sistemas necessários para operar com segurança e eficácia". 



O F-35A e o F-35C receberam o ALIS 2.0.2 em abril, mas a implantação do novo software a bordo do F-35B ficou um pouco atrasada. Depois que os F-35B adotaram a nova versão do sistema, os usuários achavam que os códigos de manutenção nem sempre se refletiam com precisão no sistema. 

"Não há nada de errado com o desempenho ou a segurança da própria aeronave, mas é imperativo garantir que o sistema ALIS esteja funcionando corretamente antes que as operações de voo continuem", disse Stahl na quinta-feira (22).


GBN seu canal de informação e notícias
com agências

0 comentários:

Postar um comentário