terça-feira, 20 de junho de 2017

Governo comete deslize e revela nome de agente da CIA no Brasil

A equipe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), órgão responsável pela área de inteligência do governo federal, revelou a identidade de um agente da CIA, o serviço secreto norte-americano.
No dia 9 de junho, a agenda pública do ministro-chefe do GSI, o general Sérgio Etchegoyen, registrou um encontro entre ele e Duyane Norman, “Chefe do Posto da CIA em Brasília“.
O deslize do governo de Michel Temer foi revelado nesta segunda-feira (19) por João Augusto de Castro Neves, diretor para América Latina da consultoria Eurasia Group.
Em sua conta no Linkedin, rede social corporativa, o cargo de Norman consta apenas como “political officer” no Departamento de Estado Americano.
Em nota, a assessoria de imprensa do GSI informou a EXAME.com que a autoridade americana realizou uma visita de cortesia ao ministro do GSI por estar retornando aos Estados Unidos após o término de sua missão no Brasil. Veja a íntegra da nota:
“1. A Agenda do Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional é um dos instrumentos da Transparência Ativa prevista na Lei Nr 12.527, de 18 Nov 11, Lei de Acesso à Informação, e está disponível no site do GSI. Por dentro do assunto: Os impactos da Lei de Acesso à Informação 
2. Ressalta-se, ainda, que nas audiências são registrados os nomes e os cargos das autoridades, observando-se, sem exceção, o Princípio da Publicidade previsto no Art 37 da Constituição da República Federativa do Brasil;
3. Por fim, registramos que a autoridade americana realizou uma visita de cortesia ao Ministro do GSI por estar retornando aos EUA após o término de sua missão no Brasil”

Fonte Exame

1 comentários:

Postar um comentário