sábado, 24 de fevereiro de 2018

Su-57 flagrados na Síria surpreendem analistas

Dois novos caças de quinta geração russos,Sukhoi Su-57 (PAK-FA) foram vistos pousando na base russa de Khmemeim na Síria, tal presença causou espanto entre analistas e especialistas militares.
As imagens dos novos caças Sukhoi Su-57 surgiram no twitter, o que tem sido avaliado por especialista que visam garantir a veracidade das imagens
A dupla de Su-57 foi filmada durante o pouso em Khmemeim, onde estavam sob escolta de aeronaves Su-35 "Super Flanker". As operações aéreas foram intensas na ocasião, sendo registrado o pouso na sequência de três caças Su-35, quatro Su-25 e uma aeronave de alerta aéreo antecipado A-50U.
Tal aparição do Su-57 levantou várias questões acerca do novo caça russo, o qual em teoria, ainda encontra-se em fase de desenvolvimento, tendo recebido recentemente o novos motores que deverão equipar as aeronaves de série, o que leva a crêr que o novo caça ainda não seja operacional.
A Força Aérea russa anunciou no princípio desta semana, que o Su-57 passaria por avaliações em combate, contudo não há registros oficiais que apresentem exemplares em fase de certificação operacional.
A presença dos Su-57 na Síria surpreendeu os analistas militares, assim como ocorreu durante sua primeira aparição, na ocasião havia muita especulação e muitos analistas duvidavam da existência da aeronave, o que se provou um engano em suas previsões. Agora surgem duas linhas de especulação acerca do programa russo, onde a primeira aponta que o Su-57 possa estar muito á frente em seu desenvolvimento do que se acreditava até o momento, numa segunda linha, trataria-se de uma estratégia russa de "projeção de poder", embora sem uma real capacidade operacional das aeronaves, servindo apenas como uma resposta a presença de "Raptors" norte americanos e F-35 israelense na região. O governo russo não se pronunciou com relação a presença dos Su-57 na Síria.
A previsão inicial do programa PAK-FA era que o Su-57 estivesse operacional agora em 2018, porém  programa sofreu alguns atrasos no desenvolvimento do novo conjunto de motores "Izdeliye 30", o qual segundo informações, teria começado os testes de voo no final de 2017. Os primeiros exemplares do PAK-FA empregaram motores "Izdeliye 117" derivados dos turbofans com pós-queimadores AL-41F-1S desenvolvidos para o Su-35. Até o presente momento não sabemos com precisão o grau de integração dos sistemas e armas do novo caça, o que se confirmada a presença do mesmo na Síria, leva a crer que essa fase de integração deva ter sido concluída, sendo vital para emprego da aeronave no teatro operacional sírio.
A recente escalada no conflito, com aumento dos "incidentes" entre forças da coalizão liderada pelos EUA e as forças do governo legítimo de Assad, na qual em episódio recente resultou na morte de centenas de militares do governo sírio sob ataque aéreo norte americano, no qual vieram a óbito um número não divulgado de consultores russos dentre as forças de Assad.
A presença dos Su-57 seriam uma forma de equilibrar a balança, diante da presença e repetidos encontros entre caças russos e os "Raptors" norte americanos sobre os céus da Síria.

GBN News - A informação começa aqui
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger