sábado, 10 de fevereiro de 2018

Irã ameça criar o "inferno" para Israel e destruir todas bases dos EUA na região após ataque israelense na Síria

Teerã rejeitou as acusações de Tel Aviv sobre a violação do espaço aéreo por um VANT iraniano, o que na sequência o abate de uma aeronave israelense, classificando o episódio como "ridículo". Um comandante iraniano também advertiu que o Irã poderia desencadear o "inferno" para Israel e destruir todas as bases dos EUA na região.

"A afirmação sobre o voo de um drone iraniano e o envolvimento do Irã no abate da aeronave é tão ridículo que não merece comentário", disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores iraniano Bahram Qassemi. Ele acrescentou que iranianos estão atuando na Síria apenas como conselheiros e fazem isso "a pedido do governo legítimo da Síria".

Além disso, qualquer "ação agressiva" de Tel Aviv provocaria uma resposta séria. Isso porque o Irã é capaz de criar "inferno para os israelenses", afirmou o general de brigada Hossein Salami, vice-chefe do Corpo revolucionário da Guarda Revolucionária do Irã.

Qassemi acrescentou que a Síria é um estado soberano e seu governo e forças armadas, tem o "direito legítimo de defender a sua integridade territorial e contrariar qualquer tipo de agressão estrangeira". Nas primeiras horas do sábado (10), as Forças de Defesa de Israel (IDF) alegaram que interceptaram um UAV iraniano, que teria atravessado o território da Síria e violado o espaço aéreo de Israel. Em resposta, Israel realizou ataques aéreos contra posições iranianas na Síria.

O exército israelense disse mais tarde que um F-16 teria caído devido ao "intenso fogo antiaéreo sírio". Os pilotos ejetaram com sucesso e sobreviveram ao incidente. Em resposta ao acidente, a IDF disse que atingiu 12 alvos iranianos e sírios na Síria, incluindo baterias de defesa aérea. Damasco classificou as ações israelenses como "agressão".

Ao falar sobre a política dos EUA em relação ao Irã e as sanções impostas à república islâmica, Salami disse que o Irã continua forte contra todas as probabilidades e poderia potencialmente destruir "todas as bases militares americanas na região, lançando ataques do interior do país".

As tensões entre Israel e o Irã rapidamente se acenderam após o incidente deste sábado (10). A IDF advertiu a Síria e o Irã contra "violar" a sua soberania ao dizer que ambos os países pagarão um preço elevado se desafiarem esse aviso. Também disse que Teerã e Damasco estão "brincando com fogo".

GBN News - A informação começa aqui
com agências
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger