quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Peru analisa com Brasil assuntos de segurança e possível compra de aviões


O ministro da Defesa do Peru, Alberto Otárola, se reuniu nesta terça-feira com o titular da pasta no Brasil, Celso Amorim, com quem  analisou assuntos de segurança nas fronteiras e uma possível compra de aviões de combate para reforçar o poder da aviação peruana.

"Foi analisada a possibilidade de uma venda de aviões, mas da perspectiva de uma cooperação industrial", o que também representaria uma transferência de tecnologia, disse Amorim a jornalistas ao lado do ministro peruano.

Otárola detalhou que seu país está interessado na tecnologia do Super Tucano, um turboélice de ataque ligeiro e treinamento avançado desenvolvido pela Embraer, considerado ideal para operar nas densas regiões amazônicas.

A Força Aérea peruana possui cerca de 30 aviões Tucano, um modelo anterior, e pretende modernizar esses aparatos em  uma operação que poderia incluir ainda a aquisição de dez Super Tucano, indicaram os ministros.

Segundo explicaram à Agência Efe fontes oficiais, o Super Tucano tem  atualmente um preço de entre US$ 10 milhões e US$ 15 milhões, que varia em função do equipamento bélico incorporado.

Amorim e Otárola também começaram a analisar as bases de um futuro acordo de segurança nas fronteiras, que segundo explicaram  será similar e complementar ao que o Peru já mantém  com  a Colômbia.

O ministro brasileiro indicou que esse acordo representará uma maior cooperação entre os países, com troca de tecnologia e sistemas de satélites que ambas as nações utilizam  para vigiar as regiões amazônicas.

Após a reunião com Amorim, Otárola deve visitar uma base da Força Aérea Brasileira em Anápolis (GO), a cerca de 130 quilômetros de Brasília, onde terá a oportunidade de voar em  um  Super Tucano.

Nessa base conhecerá ainda o avião-radar E-99, que também é desenvolvido pela Embraer e adaptado especialmente para operações de vigilância na região amazônica.

Otárola também visitará a sede da Embraer em  São José dos Campos (SP) e depois irá ao Rio de Janeiro, onde nesta quarta-feira percorrerá instalações da Marinha, nas quais possivelmente será realizada a manutenção dos submarinos peruanos IKL 209.

No Rio, o ministro peruano conhecerá também  um  centro de alta tecnologia do Exército, no qual são fabricados os veículos de combate 4x4 Gaúcho, desenvolvidos pelo Brasil em  parceria com  a Argentina.

Fonte: EFE
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger