quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Os 15 países com maior dívida externa bruta

Muito se fala sobre dívida externa, balança comercial e outros assuntos ligados a economia, onde temos as economias gigantes como EUA e UE com seus países membros saltando frente as demais nações do globo. Porém a outra face da moeda é por muitos desconhecida e quando explode uma crise financeira de grande vulto, muitos se perguntam: Como pode uma economia tão forte enfrentar uma crise dessas?
O GBN realizou uma pesquisa, onde de acordo com dados publicados recentemente vamos apresentar aos nossos leitores a lista com as 15 maiores dívidas externa do mundo hoje. Não pense que o Brasil esta nesta, pois nossa nação passa muito longe destas economias gigantes que vivem em meio a uma dívida absurda, mantendo-se de pé graças a especulação financeira, o jogo das bolsas de valores e uma robusta politica externa.
 
Isoladamente encabeçando a nossa lista vem os EUA, possuindo hoje uma dívida externa na ordem dos 15,98 trilhões de dólares, país que ainda enfrenta uma enorme crise financeira interna com o alto individamento público que recentemente quase quebrou a maior potência do mundo, tendo aumentado em carater de urgência o teto do individamente público e realizado uma série de cortes nos gastos do governo.
 
Ocupando a segunda colocação no ranking encontramos o Reino Unido, possuindo uma dívida externa de 9,34 trilhões de dólares. Nação que diferente dos EUA esta conseguindo controlar sua economia de modo que não corra o risco de uma crise em larga escala.
 
A terceira posição no ranking fica com a Alemanha, uma das líderes da UE e que possui uma divida de 5,56 trilhões de dólares, conseguindo se equilibrar diante da turbulenta crise financeira que abala toda a europa.
 
Colada na quarta posição encontramos um dos principais parceiros do Brasil na europa, a França possui hoje uma dívida externa de 5,4 trilhões de dólares, e luta contra a crise financeira que tem abalado o continente. Possuindo grandes negócios junto ao Brasil no campo de defesa, a França visa estreitar os laços com o Brasil e aumentar seus laços economicos e industriais com o maior país da América do Sul e uma das maiores economias emergentes. Além de acordos economicos que visam ampliar o fluxo economico entre os dois países, a França tenta se firmar como um dos mais importantes fornecedores de tecnologia ao Brasil, mantendo-se na disputa por importantes programas militares brasileiros que visam não apenas a aquisição de equipamentos, mas a obtenção de tecnologia diante de uma parceria para pesquisa e desenvolvimento entre as duas nações.
 
Luxemburgo ocupa a quinta colocação com uma dívida de 3,04 trilhões de dólares.
 
A sexta posição é ocupada pelo Japão, país asiático que vem se recuperando de uma recente crise financeira. Possui uma dívida externa de 2,5 trilhões de dólares
 
A Itália vem a ocupar a sétima colocação, sendo uma das economias que enfrentam mais incertezas diante da crise européia, com uma dívida externa de 2,49 trilhões.
 
A Holanda ocupa a oitava colocação com uma dívida externa na ordem de 2,4 trilhões de dólares.
 
A nona colocação esta com a Espanha, que deve hoje cerca de 2,24 trilhões de dólares.
 
A Irlanda vem em décimo lugar com a dívida de 2,14 trilhões de dólares.
 
Suíça em décimo primeiro com 1,53 trilhões de dólares.
 
A Bélgica com uma dívida de 1,3 trilhões de dólares ocupa a décima segunda posição.
 
Canadá vem logo em seguida na décima terceira posição com uma dívida de 1,3 trilhões de dólares.
 
A Austrália ocupa a décima quarta posição com 1,24 trilhões de dólares.
 
Encerrando nossa lista esta Singapura com uma dívida externa de 1,19 trilhões de dólares.
 
 
Se observarmos bem, a maioria dos países que ocupam esta lista figuram entre os protagonistas da crise financeira européia e mundial.
 
Fonte: GBN

0 comentários:

Postar um comentário