quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Iskander será espinha dorsal da defesa russa

O Exército russo irá fazer uma transição completa em seus sistemas de mísseis táticos em 2017, passará a adotar o sistema Iskander-M em substituição aos Tochka-U, o que permitirá defender todo o território russo frente a diversas ameaças e inimigos, disse o ministro da Defesa Sergei Shoigu na última quarta-feira (22).

"Vamos completar o rearmamento e a transição para o Iskander em todo a Rússia este ano. Alguns de nossas estações de radar estão em fase experimental hoje, mas este ano todos vão mudar para o modo de alerta de combate e os novos sistemas de radar poderão identificar e acompanhar mísseis de todos os tipos, como suas trajetórias, incluindo os balísticos ", disse o ministro da Defesa.

Segundo o comandante-em-chefe do Exército russo, Oleg Salyukov, mais de 80% das formações de mísseis da Rússia haviam mudado dos sistemas de mísseis táticos Tochka-U para os avançados complexos Iskander-M.

"O trabalho continua nas forças terrestres para rearmar as unidades com os modernos armamentos e sistemas. As formações de mísseis das forças terrestres estão realizando um procedimento planejado de transição do complexo de mísseis táticos Tochka-U para o sistema Iskander-M. Até agora, mais de 80% das formações de mísseis receberam os novos sistemas de mísseis", disse o comandante.

Sistema Tochka-U que será substituído pelo Iskander-M
Este ano, mais duas unidades de mísseis passarão a operar com sistemas Iskander-M, acrescentou.

O sistema de mísseis tácticos Iskander-M é designado para ser preparado de maneira rápida e oculta e lançar ataques de mísseis com alta precisão contra vários objetivos de profundidade tática no inimigo dentro de uma faixa de destruição garantida de 50 a 500 km em vários teatros de operação e quaisquer condições, possuindo defesa contra mísseis e contra medidas á interferência.

Os sistemas de mísseis balísticos tácticos Iskander são capazes de atingir alvos de pequenas e grandes áreas a uma distância de até 500 km, capaz destruir mísseis e sistemas de lançamento de foguetes de lançamento múltiplo, armas de artilharia de longo alcance, aviões e helicópteros em aeródromos, postos de comando e Comunicações.

O complexo de mísseis balísticos tácticos Iskander inclui um lançador, um carregador-transportador, um veículo de manutenção de rotina, um veículo posto de comando, um posto de informação, um conjunto de equipamentos de munição e material de treinamento.

GBN seu canal de informação e notícias
com agências



0 comentários:

Postar um comentário