terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Adeus A-12 São Paulo.... Marinha irá desativar seu único porta aviões

Após uma longa novela, a Marinha do Brasil irá finalmente desativar NAe São Paulo. A notícia foi dada através do CCSM, que informou que após estudos com fins de avaliar os custos de modernização do navio concluíram que é inviável para o orçamento da Marinha do Brasil conduzir sua modernização, pesando ainda o fato das incertezas sobre os resultados desta modernização nas capacidades operativas do A-12. Após diversas tentativas de recuperar a capacidade operativa do NAe “São Paulo”, o Almirantado concluiu que o Programa de Modernização exigiria alto investimento financeiro e necessitaria de um longo período de conclusão e decidiu pela desmobilização do meio, a ser conduzida ao longo dos próximos três anos.

Agora a Marinha do Brasil irá estudar um programa de obtenção de um novo Navio-Aeródromo e as aeronaves a embarcar, sendo que esta necessidade irá ocupar a terceira prioridade de aquisições da Marinha, logo após o PROSUB e o Programa de Construção das Corvetas Classe Tamandaré. A Marinha do Brasil estima que o custo de aquisição de um novo NAe (Navio-Aeródromo) será substancialmente menor que o custo de modernização do A-12 São Paulo e a aquisição de novas aeronaves para operar com o novo NAe, uma vez que os AF-1 estão no fim de sua vida operacional e não poderiam ser mantidas em operação até a conclusão dos trabalhos de modernização no A-12 “São Paulo”.
Agora a Marinha do Brasil deverá realizar as operações aeronavais a partir da BAeNSPA, realizando exercícios afim de manter a doutrina de operação da aviação embarcada até que se possa finalmente voltar a contar com um novo navio e novas aeronaves para recompor suas capacidades.
Diante desta lacuna esperasse que saia do papel o desenvolvimento da versão embarcada do SAAB Gripen E/F, já conhecido como SeaGripen, e que os investimentos nos programas prioritários como o PROSUB, Corvetas Classe Tamandaré se concretizem para que possa ser iniciado os investimentos no novo NAe da esquadra brasileira.

GBN seu canal de informação e notícias
Com Centro de Comunicação Social da Marinha do Brasil

1 comentários:

Postar um comentário