sábado, 9 de novembro de 2019

Exército Brasileiro assina contrato para aquisição da VBMT-LSR


Na última quarta-feira (6), foi realizada a cerimônia de assinatura do tão aguardado contrato  de aquisição da Viatura Blindada Multitarefa Leve Sobre Rodas (VBMT-LSR), 4x4, celebrado entre o Exército Brasileiro e a IVECO VEÍCULOS DE DEFESA. 

O evento ocorreu no Quartel General do Exército, em Brasília/DF, e contou com a presença do Embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini, o Gen Ex Carlos Alberto Neiva Barcelos, Comandante Logístico; o Gen Ex Walter Souza Braga Netto, Chefe do Estado-Maior do Exército; o Gen Ex Valério Stumpf Trindade, Secretário de Economia e Finanças; de Oficiais-Generais; o Presidente da CNH Industrial/IVECO, Vilmar Domingos Fistarol, Humberto Spinetti, Diretor da IVECO Veículos de Defesa; dentre Oficiais Superiores e demais militares e executivos da empresa contratada. 

A VBMT-LSR é a nova integrante do Programa Estratégico do Exército "GUARANI" e mobiliará as Organizações Militares (OM) de Infantaria e Cavalaria mecanizadas da Força Terrestre.

O atual contrato contempla um quantitativo de 32 viaturas no primeiro lote, devendo ser entregues no período de quatro anos. Esse primeiro lote será fabricado na Itália e passará por um processo de integração dos sistemas de Armas e sistema de Comando e Controle no Brasil.

O contrato para obtenção da Viatura Blindada Multitarefa – Leve Sobre Rodas (VBMT-LSR), 4X4, atende a uma necessidade operacional do Exército, devendo cobrir uma lacuna até então existente. 

O objetivo de se possuir uma viatura blindada com as características 4x4 remonta desde o emprego das tropas brasileiras na Missão do Haiti, se mostrando de vital importancia nas operações de Garantia da Lei e da Ordem, onde se faz necessario o emprego de uma viatura que fornece proteção blindada à tropa,, somando a isso maior flexibilidade, menor silhueta e dimensões que um VBTP 6x6 Guarani, apresentando dessa forma um desempenho e eficácia maiores, com mais segurança para os militares e uma menor probabilidade de efeitos colaterais nesse tipo de operação, o que foi comprovado através de um lote de VBMT-LSR adquiridos para emprego pelo Gabinete de Intervenção Federal no Rio de Janeiro.



A introdução dessa viatura no Exército preenche uma lacuna importante na capacidade operacional da Força, atendendo a uma demanda cada vez mais urgente de prover a tropa com os meios adequados para o cumprimento das inúmeras missões que vem realizando e que se admite que poderá ser demandada a cumprir num futuro próximo.

Assim, além do preparo para as missões convencionais de Defesa da Pátria, este novo meio possibilitará o emprego de tropa em condições compatíveis com as ameaças existentes nas Operações de Garantia da Lei e da Ordem e no patrulhamento de fronteira.

A VBMT-LSR 4x4 possui características especiais que a tornam mais apta para o emprego operacional. Além da blindagem, fundamental para a proteção da tropa, apresenta outras particularidades, entre as quais pode-se citar a menor silhueta e a flexibilidade, facilitando o seu emprego em qualquer terreno e em áreas urbanas.

As viaturas desse primeiro lote servirão para a execução dos testes de avaliação no Centro de Avaliações do Exército (CAEx), no Rio de Janeiro-RJ e para a Experimentação Doutrinária do Programa Estratégico do Exército "Guarani" que está sendo realizada na área da 15ª Brigada de Infantaria Mecanizada, sediada em Cascavel-PR.

Os testes de avaliação serão utilizados para verificar a integração dos diversos sistemas e preparar a nacionalização prevista para os lotes seguintes da plataforma e seus sistemas, bem como para a produção seriada da viatura.

A Família de Blindados sobre Rodas Guarani prevê um índice de nacionalização de cerca de 90%, dualidade de emprego e modernas características técnicas, sua integração com os sistemas congêneres das demais Forças Armadas e de outras agências e órgãos públicos, possibilitando a realização de operações conjuntas e interagências em melhores condições

O Programa Guarani vem contribuindo para o processo de Transformação do Exército, visando assegurar o nível necessário à defesa do Brasil e à proteção da sociedade, buscando acompanhar a estatura política e estratégica do País, retomando a capacidade da Base Industrial de Defesa Brasileira, com a fabricação em território nacional da maioria dos meios. Proporciona avanços tecnológicos e de qualidade, por meio de transferência de tecnologia e qualificação técnica de mão de obra nacional, contribuindo para a geração de emprego e renda. Atualmente, participam do Programa mais de 100 empresas, gerando em torno de 3.000 empregos diretos e indiretos.

A plataforma base do programa é o blindado Guarani, desenvolvido e fabricado em parceria entre o Exército Brasileiro e a IVECO, sediada em Sete Lagoas-MG, a exemplo do que acontecerá com a VBMT-LSR, a mais nova integrante da Família de Blindados Guarani.

GBN Defense - A informação começa aqui
Com informações do EPEx
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger