quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Escola Naval declara Guardas-Marinha em cerimônia com presença de Bolsonaro

No último sábado (8) foi realizada na Ilha de Villegagnon no Rio de Janeiro, onde esta localizada a Escola Naval, um dos mais antigos e tradicionais centros de ensino superior do Brasil, a Cerimônia de Declaração de Guardas-Marinha, ocasião em que os cadetes são declarados Guardas-Marinha e recebem a espada, simbolo do oficialato na Marinha do Brasil, simbolizando o fim do ciclo do mesmo na Escola Naval.

A cerimônia é bastante emocionada e carregada de tradições, marcando o último passo desses alunos que passam a iniciar sua carreira de fato em nossa Marinha do Brasil, onde por quatro anos enfrentaram muitos desafios, tendo sido exigidos ao máximo pela instituição que tem há séculos formado grandes líderes de nossa força naval.

A denominação da Turma “Almirante Saboia” homenageia o Almirante de Esquadra Henrique Saboia, que ocupou o cargo de Ministro da Marinha entre 1985 e 1990, onde se distinguiu por relevantes serviços prestados à pátria. O Alte Esq Henrique Saboia foi responsável por inúmeras realizações, tendo dado continuidade aos projetos de construção do reator de pesquisa na Universidade do Estado de São Paulo e de enriquecimento de urânio em Aramar, mantendo a meta da Marinha em obter o domínio do ciclo de propulsão nuclear. Teve papel de grande importância na inclusão da Marinha na participação dos lucros da exploração do petróleo na plataforma continental, o que assegurou uma nova fonte de recursos destinada à obtenção dos navios-patrulha e demais meios, Contribuiu de forma crucial ao reaparelhamento da Marinha, dando prosseguimento ao programa de construção naval no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, com a incorporação do Navio-Escola “Brasil”, da Corveta “Inhaúma” e o lançamento ao mar da Corveta “Jaceguai”, além do início da construção dos submarinos “Tamoio”, “Timbira” e “Tapajó”. Assinou, também os contratos com estaleiros privados para a construção das Corvetas “Júlio de Noronha” e “Frontin”; do Navio-Tanque “Almirante Gastão Motta”; e dos Navios-Patrulha “Graúna” e “Goiana”.

Ainda em sua atuação no programa de reaparelhamento de nossa esquadra, adquiriu, nos Estados Unidos, quatro contratorpedeiros da classe Pará, para atender às necessidades de escoltas da Marinha, os quais serviram até a incorporação das corvetas "Inhaúma" em construção, e dois navios de Desembarque-Doca da classe Ceará, essenciais para assegurar a capacidade operativa da Força de Fuzileiros da Esquadra. Além de ter realizado a aquisição e incorporação do Navio de Socorro Submarino “Felinto Perry”; os Navios Oceanográficos “Antares” e “Almirante Álvaro Alberto”; os Rebocadores de Alto-Mar “Tritão”, “Tridente” e “Triunfo”; e o Navio-Auxiliar “Trindade”.

Na Aviação Aeronaval Brasileira, foi responsável pela aquisição de onze helicópteros Esquilo; seis Super Puma e dezesseis Bell, além de modernizar quatro das aeronaves SH-3 "SeaKing".

A 19 de Abril de 1972 foi feito Comendador da Ordem Militar de Avis de Portugal, a 26 de Novembro de 1987 foi elevado a Grã-Cruz da mesma Ordem, a 25 de Julho de 1989 foi feito Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique e a 19 de Outubro de 1990 foi elevado a Grã-Cruz da mesma Ordem de Portugal, tendo falecido em 2005. 

Com toda certeza, a escolha do Almirante Saboia como patrono desta turma trás consigo o peso da responsabilidade que estes novos Guardas-Marinha trarão consigo ao longo de suas carreiras, devendo honrar o grande comandante que deu nome à sua turma.

Após o cerimonial, que contou com a presença do Comandante da Marinha, Alte.Esq Leal Ferreira, o Ministro da Defesa Silva e Luna, o Presidente eleito Jair Messias Bolsonaro, concedeu uma coletiva à imprensa presente, e apesar das repetitivas perguntas sobre assuntos que não se enquadram no contexto do evento, nosso editor Angelo Nicolaci conseguiu em meio ao marasmo e incapacidade de conferir o devido foco ao momento por parte da grande mídia, inqueriu sobre a posição do novo governo que assumirá o poder no próximo dia 1 de janeiro, com relação as necessidades de reaparelhamento de nossa esquadra, onde o Presidente eleito deixou claro que o reaparelhamento de nossas forças armadas estará entre os focos de seu governo, o qual vê a grande importância e o papel de nossas forças armadas nos rumos de nosso país em face dos desafios globais.

O GBN News aproveita para deixar aqui nossas congratulações aos Guardas-Marinha da Turma Alte Saboia, e nesta semana que se comemora o Dia do Marinheiro, data em que se homenageia o nascimento do Grande Marinheiro, o Almirante Tamandaré, desejo a todos que sigam o exemplo de nosso Marquês de Tamandaré, e que esse exemplo seja refletido ao longo de suas carreiras a serviço de nossa grande nação, o Brasil.

GBN News - A informação começa aqui
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger