terça-feira, 13 de novembro de 2018

"Operação Dragão XXXIX" - O GBN News acompanhou de perto

Nós do GBN News estivemos acompanhando os exercícios combinados previstos pela "Operação Dragão XXXIX", a qual esteve no âmbito da "Operação Atlântico V", contando com a participação das três forças brasileiras, onde conferimos a atuação conjunta em diversos aspectos da operação.

A Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE) e o Comando em Chefe da Esquadra (ComemCh), realizou este importante exercício combinado, entre os dias 6 e 14 de novembro. Nesta edição, a "Operação Dragão XXXIX", teve como propósito o adestramento das forças envolvidas no cenário de uma evacuação de não combatentes.
As “Operações de Evacuação de Não Combatentes” são caracterizadas por prover a necessária segurança para extração de brasileiros, ou cidadãos de nações que estabeleçam intendimento com governo brasileiro, afim de prestar todo apoio para retirada destes civis que se encontram em país estrangeiro, onde haja um cenário de instabilidade que possa representar risco a integridade física desses civis. A "Operação Atlântico  V", esta sendo coordenada pelo Ministério da Defesa, e tem como principal foco a interação entre as forças armadas brasileiras atuando em um cenário complexo, como o simulado este ano. O execício conjunto reuniu um grande efetivo da Marinha, do Exército e da Força Aérea Brasileira, sendo empregados diversos meios e unidades destas forças. Foram mobilizados 1.700 militares do Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE), 27 militares do Exército Brasileiro e 16 da Força Aérea Brasileira, contando com emprego de 49 viaturas leves, 45 viaturas pesadas, 13 viaturas blindadas, dentre estas estavam 7 CLAnf e 6 Piranha III.

O Comando em Chefe da Esquadra destacou 9 Navios, dentre eles houve a estréia do PHM "Atlântico", tendo sido o primeiro emprego deste em um exercício de tamanha complexidade, além deste, estavam compondo a Força Naval o NDM "Bahia", o qual tivemos a oportunidade de conferir sua atuação, o NDCC "Alte Sabóia", a fragata F-49 "Rademaker, Corveta V-34 "Barroso", EDCG "Marambaia", NApOC "APA", NApOC "Purus" e o NaP "Guaporé". 

A Força Aeronaval destacou 4 aeronaves UH-15 pertencentes ao "Esquadrão HU-2", com o qual realizamos dois voos, duas aeronaves UH-12, uma aeronave AH-11A do "Esquadrão HA-1", uma aeronave SH-16 do "Esquadrão HS-1" e um AF-1 do "Esquadrão VF-1". 

Além de pessoal, a Força Aérea Brasileira empregou uma aeronave H-36 e uma aeronave de patrulha P-95 "Bandeirulha".
Nas primeira horas da última sexta-feira (9), acompanhamos o desembarque de meios e pessoal na praia de Itaóca, marcando o inicio da "Projeção Anfíbia", onde acompanhamos a chegada das primeiras forças que chegaram à praia a primeira vaga, composta por cinco CLAnf, viaturas anfíbias de extrema importância neste tipo de operação, sendo a única viatura anfíbia capaz de vencer a arrebentação, e tema de uma matéria especial que em breve você irá conferir aqui no GBN News. Após esta incursão, presenciamos a abicagem do EDCG L-20 "Marambaia". este trazendo um contingente do corpo de engenharia que rapidamente realizou os preparos para que as viaturas UNIMOG pudessem desembarcar com pessoal e material, sendo sucedidos por várias abicagens com EDVM que desembarcaram mais contingentes de material e viaturas, como os Piranha III.
No total cerca de três mil militares foram empregados na operação, e em breve vocês vão conferir o detalhamento desta operação aqui conosco no GBN News. aguardem.


GBN News - A informação começa aqui
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger