quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Os 20 países donos de forças armadas poderosas

Em um abrangente estudo sobre o estado da globalização no planeta, o banco Credit Suisse dedicou parte da sua análise ao poder das forças armadas dos países que são considerados as maiores potências militares da atualidade e produziu um ranking para compará-las.
Para tanto, o banco precisou descobrir primeiro quais seriam essas potências. E o fez com base em levantamentos de entidades como o Instituto de Pesquisas da Paz de Estocolmo e Global Firepower (GFP), que produz um ranking anual próprio sobre o tema.
Uma vez determinados os países que fariam parte da análise do banco, foram então avaliadas as capacidades de suas forças armadas a partir de seis elementos principais: pessoal na ativa, tanques, aeronaves, helicópteros de ataque, porta-aviões e submarinos.
Esses elementos receberam pesos diferentes e, a partir daí, foram atribuídas pontuações para cada um deles. Tais resultaram no poderio militar total, sendo possível classificar as potências entre si. Veja abaixo:
IndicadorPontuação
Pessoal na ativaPeso 5%
TanquesPeso 10%
AeronavesPeso 20%
Helicópteros de ataquePeso 15%
Porta-aviõesPeso 25%
SubmarinosPeso 25%
Poderio militar totalMédia entre os indicadores

Vale lembrar que o fato de o Credit Suisse ter concedido pesos diferentes para os indicadores que avaliou resulta em grandes discrepâncias entre o seu ranking e aquele da GFP.
E um dos países mais afetados por isso é a Alemanha, que está em 8º na lista da GFP e sequer consta entre as dez maiores potências segundo o banco.
“O país está abaixo do que o senso comum esperaria, pois conta com uma frota relativamente menor de porta-aviões e submarinos, indicadores que carregam mais peso em nosso índice”, explicou o estudo.
A entidade reconhece que não é fácil a tarefa de determinar a força das potências militares modernas e deixa ainda duas observações: a análise foi centrada apenas nestes vinte países e a dificuldade em se obter dados temporais não permite que a pesquisa consiga fazer comparações históricas entre eles.
Nas imagens, veja como ficou o ranking do Credit Suisse e, em seguida, compare os resultados com aqueles obtidos pela GFP em sua edição 2015. 

1º. Estados Unidos

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,90
Tanques0,86
Aeronaves0,95
Helicópteros de ataque0,95
Porta-aviões0,95
Submarinos0,95
Poderio militar total0,94


2º. Rússia

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,81
Tanques0,95
Aeronaves0,90
Helicópteros de ataque0,90
Porta-aviões0,52
Submarinos0,86
Poderio militar total0,80


3º. China

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,95
Tanques0,90
Aeronaves0,86
Helicópteros de ataque0,86
Porta-aviões0,52
Submarinos0,90
Poderio militar total0,79


4º. Japão

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,38
Tanques0,38
Aeronaves0,76
Helicópteros de ataque0,81
Porta-aviões0,76
Submarinos0,81
Poderio militar total0,72


5º. Índia

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,86
Tanques0,81
Aeronaves0,81
Helicópteros de ataque0,19
Porta-aviões0,76
Submarinos0,76
Poderio militar total0,69

6º. França

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,33
Tanques0,24
Aeronaves0,67
Helicópteros de ataque0,43
Porta-aviões0,90
Submarinos0,57
Poderio militar total0,61

7º. Coreia do Sul

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,76
Tanques0,57
Aeronaves0,71
Helicópteros de ataque0,71
Porta-aviões0,05
Submarinos0,67
Poderio militar total0,52

8º. Itália

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,52
Tanques0,33
Aeronaves0,38
Helicópteros de ataque0,57
Porta-aviões0,76
Submarinos0,43
Poderio militar total0,52

9º. Reino Unido

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,19
Tanques0,14
Aeronaves0,52
Helicópteros de ataque0,67
Porta-aviões0,52
Submarinos0,57
Poderio militar total0,50

10º. Turquia

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,57
Tanques0,67
Aeronaves0,57
Helicópteros de ataque0,57
Porta-aviões0,05
Submarinos0,67
Poderio militar total0,47

11º. Paquistão

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,71
Tanques0,62
Aeronaves0,48
Helicópteros de ataque0,48
Porta-aviões0,05
Submarinos0,52
Poderio militar total0,41

12º. Egito

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,62
Tanques0,76
Aeronaves0,62
Helicópteros de ataque0,38
Porta-aviões0,05
Submarinos0,14
Poderio militar total0,34

13º. Taiwan

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,43
Tanques0,52
Aeronaves0,43
Helicópteros de ataque0,76
Porta-aviões0,05
Submarinos0,14
Poderio militar total0,32

14º. Israel

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,24
Tanques0,71
Aeronaves0,33
Helicópteros de ataque0,38
Porta-aviões0,05
Submarinos0,33
Poderio militar total0,32

15º. Austrália

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,05
Tanques0,05
Aeronaves0,10
Helicópteros de ataque0,24
Porta-aviões0,52
Submarinos0,43
Poderio militar total0,30

16º. Tailândia

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,48
Tanques0,43
Aeronaves0,24
Helicópteros de ataque0,14
Porta-aviões0,52
Submarinos0,05
Poderio militar total0,28

17º. Polônia

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,14
Tanques0,48
Aeronaves0,19
Helicópteros de ataque0,29
Porta-aviões0,05
Submarinos0,33
Poderio militar total0,23

18º. Alemanha

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,29
Tanques0,19
Aeronaves0,29
Helicópteros de ataque0,33
Porta-aviões0,05
Submarinos0,14
Poderio militar total0,19

19º. Indonésia

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,67
Tanques0,29
Aeronaves0,05
Helicópteros de ataque0,10
Porta-aviões0,05
Submarinos0,10
Poderio militar total0,12

20º. Canadá

IndicadorPontuação
Pessoal na ativa0,10
Tanques0,10
Aeronaves0,14
Helicópteros de ataque0,05
Porta-aviões0,05
Submarinos0,14
Poderio militar total0,10

Fonte: Exame 

0 comentários:

Postar um comentário