domingo, 14 de julho de 2019

KC-390: O que representa a venda para Portugal?


O recente anúncio realizado na última quinta-feira (11), confirmando a opção para compra de cinco aeronaves KC-390 pelo governo de Portugal, negócio que já era esperado há algum tempo, abre novas perspectivas de mercado para a maior e mais moderna aeronave já projetada e construída no Brasil.

O KC-390 tem despertado os olhares de muitos operadores do vetusto C-130 “Hércules”, aeronave de origem norte americana que domina até então absoluto este nicho de mercado. Porém, com a chegada da nova aeronave brasileira ao mercado e o peso da idade sobre o projeto norte americano, o qual apesar de inúmeras variantes e melhorias implementadas ao longo de décadas, tem agora essa hegemonia de décadas ameaçada pela inovação e grande capacidade oferecida pela gigante brasileira, tendo ainda como fator de peso a ser considerado pelos hipotéticos clientes, a parceria que vem se desenvolvendo há certo entre a brasileira Embraer (EDS) e a gigante norte americana Boeing, o que vem a tornar o KC-390 uma grande aposta.

Portugal é um dos parceiros no Programa KC-390, tendo investido no desenvolvimento da nova aeronave e participando na produção de vários componentes da mesma, sendo um dos maiores parceiros da gigante brasileira. Naturalmente que a aquisição do KC-390 pelos portugueses seria questão de tempo, principalmente após o país europeu decidir abrir mão de realizar o programa de modernização e extensão do ciclo operacional da frota de C-130 “Hercules” operados pelo país em abril de 2018, destinando cerca de 10 milhões de Euros ao desenvolvimento do Programa KC-390, conforme noticiamos aqui no GBN Defense News.

A confirmação da opção de compra de cinco aeronaves KC-390 pelo governo lusitano é muito mais significativa que a venda destas aeronaves propriamente dito, e mesmo mais relevante que o fato de ser a primeira exportação desta aeronave, pois trata-se da entrada dessa nova aeronave na OTAN, a mais importante aliança militar no mundo, a qual tende a observar o “case” português e consequentemente avaliar o KC-390 como uma real opção as suas necessidades logísticas, tendo em vista principalmente a avançada idade de suas aeronaves de transporte da categoria em que se insere o KC-390, sendo um potencial substituto para os C-130 em operação no “velho continente” e demais membros e parceiros globais da OTAN.

O negócio com Portugal nos oferece grandes perspectivas no mercado europeu, onde adentramos com pé direito, alicerçados não apenas pelo fato de fornecer cinco aeronaves aos portugueses, mas por ter o país europeu como um dos parceiros de peso no programa, oferecendo um importante suporte á futura frota de KC-390 no continente europeu, um negócio que a longo prazo será muito maior que os 827 milhões de Euros envolvidos diretamente no acordo que prevê além das cinco aeronaves, o fornecimento de um simulador de voo e suporte a frota por 12 anos.

Além de Portugal, espera-se que em breve a República Tcheca anuncie sua opção de compra do KC-390, assim como outros países que já demonstraram interesse na aquisição desse que promete ser o novo sucesso de vendas da Embraer (EDS), a qual vem mantendo conversas com a Boeing para criação de uma nova parceria visando explorar em conjunto o bilionário mercado que se abre com a entrada do KC-390 no mercado.

A Embraer deverá entregar em breve o primeiro KC-390 à Força Aérea Brasileira, marcando o início de uma nova fase na história da aviação de transporte da FAB, com a primeira aeronave do contrato firmado com Portugal sendo entregue em 2023.

Nós temos um grande orgulho de ver o surgimento de um novo marco da indústria aeroespacial brasileira, tendo já tido a oportunidade de conferir de perto essa fantástica aeronave e desejamos a toda equipe da Embraer (EDS) sucesso nesse importante programa que nasceu a partir do requerimento da Força Aérea Brasileira para uma aeronave de transporte que substituirá o C-130. Ao longo da história o relacionamento entre a FAB e a Embraer deram origem a aeronaves de sucesso internacional, como o “Bandeirante”, T-27 “Tucano”, AT-29 “Super Tucano” e agora o KC-390.


GBN Defense News – A informação começa aqui


Texto e Fotos: Angelo Nicolaci

Share this article :

2 comentários:

 

GBN News - GeoPolítica Brasil Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger