quinta-feira, 5 de março de 2015

Rússia: instrutores norte-americanos já estão em região de Lvov na Ucrânia


Os militares norte-americanos já foram deslocados para a região de Lvov na Ucrânia para treinar soldados ucranianos, disse o representante oficial do Ministério do Exterior russo Aleksandr Lukashevich.Os militares dos EUA ficarão instalados no Centro Internacional de Paz e Segurança (International Peacekeeping and Security Center), no campo de treinamento de Yavorov, na região de Lvov (oeste da Ucrânia).  O local já havia recebido exercícios conjuntos entre as tropas ucranianas e estrangeiras. De acordo com o documento, esta missão militar vai durar de 5 de março até 31 outubro de 2015.

Conforme publicado anteriormente, os EUA planejam enviar para a Ucrânia no período de março-outubro de 2015 pelo menos 300 militares para cooperar com o exército ucraniano. A informação foi divulgada num documento publicado no site norte-americano de contratos públicos.

Ministério russo da Defesa: Ocidente cria linhas de demarcação e escolhe Rússia como alvo
Os países ocidentais, em vez de cooperarem, estão criando novas linhas de demarcação e escolhendo a Rússia como alvo, disse nesta quinta-feira (5) o vice-ministro da Defesa da Rússia, Anatoly Antonov, aos jornalistas.“Em vez de juntar esforços na luta contra o mal, o principal do qual é o terrorismo, os países ocidentais criam novas linhas de demarcação … Como o alvo, foi escolhida a Rússia”, afirmou.

Assim, segundo o vice-ministro, o sistema de segurança internacional neste momento é prejudicado pelas ações dos EUA e seus aliados e não pode ser reparado sem confiança mútua. 
“A OTAN hoje não pode ser garantidora da liberdade e da democracia no mundo, ao contrário do que se diz em Bruxelas”, frisou Antonov.

Fonte: Sputnik News

0 comentários:

Postar um comentário