sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

GOVERNO CHINÊS NO COMBATE AO CORONAVÍRUS



O QUE É O NOVO CORONAVÍRUS?

É um novo vírus que tem causado doença respiratória pelo agente coronavírus, com casos recentemente registrados na China. Importante saber que os coronavírus são uma grande família viral, conhecidos desde meados de 1960, que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais.

Geralmente, infecções por coronavírus causam doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes a um resfriado comum. Alguns coronavírus podem causar doenças graves com impacto importante em termos de saúde pública, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS), identificada em 2002 e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (MERS), identificada em 2012.

Os coronavírus são um grupo de vírus de genoma de RNA simples de sentido positivo, conhecidos desde meados dos anos 1960. Pertencem à subfamília taxonómica Orthocoronavirinae da família Coronaviridae, da ordem Nidovirales. A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida.

COMO O NOVO CORONAVÍRUS É TRANSMITIDO?

As investigações sobre transmissão do novo coronavírus ainda estão em andamento, mas a disseminação de pessoa para pessoa, ou seja, a contaminação por contato, está ocorrendo. É importante observar que a disseminação de pessoa para pessoa pode ocorrer de forma continuada.

Alguns vírus são altamente contagiosos (como sarampo), enquanto outros são menos. Ainda não está claro com que facilidade o novo coronavírus se espalha de pessoa para pessoa.

Apesar disso, a transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:

·         gotículas de saliva;
·         espirro;
·         tosse;
·         catarro;
·      contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
·     contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Os coronavírus apresentam uma transmissão menos intensa que o vírus da gripe e, portanto, o risco de maior circulação mundial é menor.

O vírus pode ficar incubado por duas semanas, período em que os primeiros sintomas levam para aparecer desde a infecção.

AÇÕES DO GOVERNO CHINÊS PARA O COMBATE AO CORONAVÍRUS

A China fortaleceu uma estrutura de defesa nacional contra o novo coronavírus, uma batalha travada enquanto o povo chinês deveria estar imerso em festa de união familiar e comemoração do Ano Novo Chinês.

Os números de casos de infecções e mortes são atualizados diariamente. Wuhan, uma megacidade no epicentro da epidemia na província de Hubei, no centro da China, foi a cidade que mais sofreu. Como o vírus continua a se espalhar por todo o país em um ritmo alarmante, a nação inteira está correndo contra o tempo para combater os efeitos do vírus na vida das pessoas.




Wuhan, ao lado de outras cidades de Hubei, introduziu as medidas de controle mais rigorosas da história. A cidade se isolou fisicamente do lado de fora e proibiu o uso de automóveis para impedir a propagação do vírus. As pessoas estão trabalhando dia e noite para construir dois hospitais improvisados no subúrbio de Wuhan, seguindo o modelo do hospital Xiaotangshan em Pequim, construído quando o país lutou contra a epidemia de SARS em 2003.

Recursos médicos em todo o país, civis e militares, estão chegando a Wuhan. Médicos, enfermeiros e especialistas de todo o país foram selecionados para participar da batalha, e os manufatureiros retomaram suas plantas para produzir materiais médicos que estão acabando em muitos lugares. Uma equipe nacional de especialistas, liderada pelo renomado cientista respiratório Zhong Nanshan, foi criada para ajudar a prevenir e controlar o surto.


construção do hospital de Whuan

Os governos locais de todo o país adotaram medidas restritas para conter a propagação do vírus o máximo possível, e o público tem cooperado. As pessoas ficam em casa para evitar a propagação e muitas cancelaram viagens para reuniões de família. Wuhan, uma cidade com cerca de cinco vezes o tamanho de Londres, possui capacidades de pesquisa científica de ponta. Ela abriga um laboratório de nível quatro de segurança biológica (BSL-4) ou o laboratório Wuhan P4. Ele pesquisa os patógenos mais perigosos e segue os níveis máximos de segurança. Existem apenas alguns desses laboratórios na Ásia. Isso coloca Wuhan em uma boa posição para lidar com o surto de doença na cidade.

Embora exista uma escassez de recursos médicos em Wuhan, a confiança ainda permanece nesta megacidade que abriga vários mega hospitais de renome nacional. Possui profissionais médicos altamente qualificados e infraestruturas médicas avançadas. A escassez de recursos é apenas temporária e a ordem será restaurada em breve.

ENVIO DE RECURSOS A WUHAN


Médicos e enfermeiros correm para Wuhan, o centro do novo surto de coronavírus (2019-nCoV). Materiais médicos também estão a caminho desta cidade. Apesar do feriado do Festival da Primavera, as fábricas correm contra o tempo para produzir as máscaras e roupas de proteção necessárias.

A China está intensificando ações em todo o país para conter a nova epidemia de pneumonia, já que 30 regiões de nível provincial que relatam casos do novo coronavírus ativaram o mecanismo de resposta de emergência de saúde pública de primeiro nível a partir de sábado.

Uma reunião da liderança do Partido Comunista da China no sábado exigiu todos os esforços para tratar pacientes infectados, acelerar o aumento de pessoal médico e coordenar recursos médicos civis e militares.

Mais de meio milhão de equipes médicas aderiram à prevenção, controle e tratamento de epidemias de pacientes em Hubei, disse Li Tao, funcionário da Comissão Provincial de Saúde de Hubei.

Os vírus não têm fronteiras, assim como a luta contra eles. A China continuou a ter uma estreita comunicação com a Organização Mundial da Saúde (OMS), divulgando informações para a OMS e para os países relevantes em tempo hábil.

Nota da Embaixada da China no Brasil

A prevenção e o controle da pneumonia causada pelo novo Coronavírus constituem, neste momento, o trabalho prioritário do Governo chinês. Um sistema abrangente e multidimensional foi montado para implementar, de forma eficaz, ações rigorosas e minuciosas de prevenção e controle, colocando em prática medidas e procedimentos alinhados com os princípios de abertura e transparência e com os protocolos científicos vigentes. De modo geral, a doença é controlável e tratável. O Governo chinês tem toda determinação, confiança e capacidade de conter sua propagação e vencer esta batalha o quanto antes.  Com uma atitude aberta, transparente e responsável, o Governo da China tem colaborado com a comunidade internacional ao longo de todo o processo e, desde a primeira hora, reportou o surto à Organização Mundial de Saúde (OMS), compartilhou informações técnicas e a sequência do genoma completo de parte da cepa. As Missões Diplomáticas da China no exterior vêm mantendo estreita comunicação com os governos dos países onde estão acreditadas, informando tempestivamente a evolução do surto e as medidas implementadas. Em resposta aos pedidos de retirada de cidadãos, apresentados por alguns países, a parte chinesa tomará providências para oferecer assistência e facilidades necessárias, de acordo com a prática internacional e em consonância com os protocolos de quarentena.  Cumprindo com suas obrigações internacionais, o Governo Chinês atenderá prontamente às preocupações legítimas dos brasileiros e de outros cidadãos estrangeiros na China e garantirá sua segurança com grande senso de responsabilidade, estendendo a eles o mesmo zelo que dispensa aos seus próprios cidadãos. Em sua recente visita à China, o diretor-geral da OMS manifestou alto apreço pelas medidas rigorosas e eficazes adotadas pela China e afirmou que a OMS não recomenda a retirada de estrangeiros. A Embaixada está disposta a manter a comunicação com o Governo brasileiro, com o objetivo de tratar adequadamente as questões atinentes à prevenção e ao controle da doença.




Por: Valter Andrade – Jornalista e fotografo especializado em geopolítica, segurança e defesa, com passagem em várias mídias e revistas especializadas, hoje membro da equipe GBN Defense.


GBN Defense - A informação começa aqui
Share this article :

0 comentários:

Postar um comentário

 

GBN Defense - A informação começa aqui Copyright © 2012 Template Designed by BTDesigner · Powered by Blogger